Guia do Colégio Americano de Reumatologia para pacientes reumáticos frente à pandemia do Coronavírus

As declarações e diretrizes da minuta do Colégio Americano de Reumatologia incluem as seguintes recomendações gerais para pacientes com doença reumática:

Pacientes com doença reumática parecem estar em risco de desfechos ruins do COVID-19, principalmente devido a fatores de risco gerais, como idade e comorbidade.

Além de seguir todas as medidas preventivas gerais do COVID-19, os pacientes com doença reumática e seus prestadores devem discutir formas de reduzir o número de encontros de cuidados de saúde e a exposição potencial ao coronavírus, incluindo o monitoramento dos exames com menos frequência, o uso da telemedicina e o aumento do tempo entre doses de medicamentos intravenosos.

Para o tratamento contínuo de pacientes estáveis sem exposição ou infecção por coronavírus, hidroxicloroquina ou cloroquina, sulfasalazina, metotrexato, leflunomida, imunossupressores — como tacrolimus, ciclosporina, micofenolato e azatioprina — biológicos, inibidores JAK e anti-inflamatórios simples podem ser continuados.

Pacientes estáveis sem exposição ou infecção COVID-19 ainda podem receber denosumabe para osteoporose, mas o tempo entre as doses pode ser estendido para até 8 meses, a fim de minimizar os encontros de cuidados de saúde e, se necessário, devido ao acesso limitado às injeções.

Pacientes com doença estável que foram expostos ao coronavírus mas não têm uma infecção conhecida podem continuar com hidroxicloroquina, sulfasalazina e NSAIDs, mas imunossupressores, biológicos não IL-6 e inibidores JAK devem ser descontinuados temporariamente, aguardando um resultado negativo do teste COVID-19 ou após 2 semanas sem sintomas de infecção.

Os inibidores il-6 também podem ser continuados, em circunstâncias selecionadas, entre pacientes com doença reumática estável que foram expostos ao coronavírus, mas ainda não testaram positivo para COVID-19.

Referência: COVID-19 Clinical Guidance for Adult Patients with Rheumatic Diseases. 11 de abril de 2020 – home page ACR.

  2 comments for “Guia do Colégio Americano de Reumatologia para pacientes reumáticos frente à pandemia do Coronavírus

  1. Tania Regina Pacheco
    26 de maio de 2020 às 10:22

    Muito obrigada pelas sua ajuda. Tenho certeza que no senhor podemos confiar. Parabéns pelo seu trabalho. Tenho artrite reumatoide e estava com medo se deveria ou não tomar hidroxicloroquina. Mas agora para mim ficou bê. Claro.

    Curtido por 1 pessoa

    • 26 de maio de 2020 às 14:56

      Grato Tania. Podes acompanhar os vídeos no canal Doutor von Muhlen do YouTube. Cordialmente.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: