Novos critérios para classificação diagnóstica das doenças relacionadas ao IgG4

Doenças relacionadas ao IgG4 podem ocorrer em virtualmente todos os órgãos do corpo, constituindo-se em lesões fibroinflamatórias de causa desconhecida, possivelmente com componente autoimune.

Os órgãos mais acometidos são o pâncreas, tireóide, cavidade atrás do peritônio e glândulas salivares e lacrimais.

Grande dificuldade diagnóstica existe, uma vez que em muitos pacientes a IgG4 está em níveis normais no sangue.

Hoje foram publicados os critérios para classificação diagnóstica deste grupo de doenças com o denominador comum de sua relação com a molécula IgG4. São pormenorizados os critérios de exclusão e de inclusão, com seguimento para o diagnóstico em 3 etapas, alcançando sensibilidade de 82% e especificidade de 98% em um grupo de pacientes utilizados para validação.

Tenha o texto completo e gratuito da publicação na Arthritis & Rheumatology, inclusive o pdf, clicando em:

https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/art.41120?campaign=wolearlyview

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: