Atualização sobre vacinas para pacientes imunossuprimidos

Quem são pacientes imunossuprimidos?

Pacientes imunossuprimidos são aqueles com as seguintes condições principais:

– doenças autoimunes {lupus, artrite reumatoide, artrite psoriásica, espondilite anquilosante, síndrome de Sjögren, polimiosites, esclerodermia, vasculites}

– em uso de terapia imunossupressora {no caso de pacientes reumáticos seriam medicamentos como metotrexate, hidroxicloroquina, leflunomida, azatioprina, ciclofosfamida, ou agentes biológicos modernos, como adalimumabe, etanercepte, rituximabe, abatacepte, etc}

– HIV

– transplantados

– neoplasias malignas

– imunodeficiências.

Se você se enquadra em alguma das situações acima esta postagem é para você, que poderá se proteger de várias doenças infecciosas sem problemas maiores. Veja os quadros abaixo, discuta com seu médico e não deixe de efetuar as vacinas recomendadas para crianças ou adultos. Vacinas salvam vidas sem dúvida, são um dos grandes avanços da Medicina no século XX.

Uma palavra importante: não dê ouvidos para as histórias que circulam na Internet ou via comadres novidadeiras sobre autismo em crianças vacinadas. O pediatra que disseminou estas falsas informações foi condenado nos Estados Unidos por falsificar dados científicos.

  • Vacinas que você NÃO DEVE APLICAR
Sarampo Caxumba Rubéola
Herpes zoster Febre amarela Polimiolite oral
Rotavirus Tuberculose Febre tifoide oral

Estas vacinas acima possuem vírus ou bactérias vivas ou atenuadas. Elas podem gerar infecções graves na pessoa a quem deveriam gerar proteção, e/ou a pessoa não forma os anticorpos protetores.

 

  • Vacinas que você PODE APLICAR
Febre tifóide injetável Cólera oral Hepatites A e B Difteria
Raiva Tétano Pneumococo* Meningite
Haemophilus Poliomielite injetável Gripe (influenza)** HPV***

Estas vacinas acima possuem vírus ou bactérias inativadas, e são portanto em geral seguras, não causam infecção mesmo em pessoas com o sistema imunológico comprometido.

* Realizar a vacina contra penumonia por Pneumococo 13 no primeiro ano, com reforço para Pneumococo 23 no segundo ano

** Vários imunologistas recomendam dose extra da vacina contra gripe após 30 dias, para garantir boa formação de anticorpos protetores em pessoas imunossuprimidas por doença autoimune ou por seu tratamento. Recomendo a vacinação anual para gripe devido à mutação intensa destes vírus em particular e, principalmente, para casos que podem ser letais, como de gripe A.

*** Uma palavra sobre a vacina contra HPV: neste caso tem-se recomendado a vacinação com 3 doses sequenciais aos tempos 0, 1 a 2, e 6 meses para pessoas até os 26 anos de idade e que apresentem doenças autoimunes ou façam uso de terapia imunossupressora

ATENÇÃO

Antes de efetuar qualquer vacina discuta com seu médico, principalmente se tiver alergia prévia a alguma das vacinas apontadas ou à clara de ôvo (várias vacinas são geradas em culturas que utilizam este meio).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s